Revelação Livra pastor da tragédia com o voo 447

23-07-2009 11:02

A voz de Deus salvou do voo 447 da Air France, que caiu no Oceano Atlântico, o pastor missionário da Assembléia de Deus em Paris, Gláucio Oliveira, 29 anos. O ministro já tinha reservado um lugar no avião, quando recebeu, na quinta-feira que antecedeu o acidente, uma ‘ordem’ para não prosseguir com a viagem. O recado foi dado por uma amiga.

Jussara Gonçalvez, 37 anos, participava de um grupo de orações e foi chamada pela colega Renata Carnevale, 30, que dizia ter recebido uma mensagem do Senhor. “Não deixe o varão viajar, a cova dele está aberta. Ele vai morrer”, afirmou Renata.

Chorando muito, Jussara ligou na mesma hora para o pastor. Assustado, Gláucio não confirmou a reserva: “Eu ia de TAM no sábado, mas, desde que um amigo, também pastor, morreu num acidente da empresa, eu só vôo de Air France". Mas Deus me enviou a Renata, que recebeu a revelação de que, se eu entrasse naquele avião, minha cova estava aberta. Nós só nos vimos uma vez, ela nem sabia que eu ia viajar. Por isso, quando a Jussara me transmitiu a mensagem, fiquei apavorado. Orei a Deus e senti no coração que não devia ir. Ele foi fiel a mim, porque sempre lhe obedeci”. Gláucio considerava o Air France melhor avião do mundo.


Renata, a mulher que salvou a vida do pastor, ficou de cama desde a manhã daquela segunda-feira, quando soube da queda do avião. Por telefone, ela confirmou ter recebido uma mensagem de Deus: “Não foi visão, eu apenas entreguei um recado do Senhor”.

Esse testemunho foi manchete na primeira página do principal jornal do Rio de Janeiro.
Fonte: L S

Pastor Gláucio Oliveira
 

VEJA COMO A CASA PUBLICADORA DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS NOTICIOU O FATO.


Milagre salva pastor do vôo 447

Glaucio Oliveira deixou de embarcar após receber mensagem de Deus 


A voz de Deus salvou do vôo 447 da Air France o pastor missionário da Assembleia de Deus em Paris, Glaucio Oliveira. De retorno a capital francesa, o jovem pastor tinha reservado um lugar no avião que caiu no Oceano Atlântico, quando recebeu uma ‘ordem’ para não prosseguir com a viagem. O fato foi noticiado em rádios, sites, jornais e televisão em cadeia nacional.  

Esse não é o primeiro livramento na vida do jovem ministro. Filho do traficante Meio-quilo – um dos fundadores da facção criminosa Comando Vermelho – ele foi criado na comunidade do Jacaré (RJ). No último sábado, ele foi entrevistado para o Programa Movimento Pentecostal, exibido às 10h30, na RedeTV! Glaucio contou sobre sua conversão ao Evangelho e os testemunhos de fé do campo missionário. A matéria pode ser vista no link (http://www.cpad.com.br/cpad/movimento/principal.htm). O testemunho de vida do missionário também poderá ser lido nas próximas edições do Mensageiro da Paz e da Revista GeraçãoJC.

Livramento

Na última quinta-feira (28), Glaucio recebeu uma mensagem do Senhor. Jussara Gonçalvez, participava de um grupo de orações e foi chamada pela colega Renata Carnevale, 30, para transmitir ao pastor o seguinte recado. “Não deixe o varão viajar, a cova dele está aberta. Ele vai morrer”, afirmou Renata. 

Na mesma hora, Jussara ligou para o pastor. Assustado, Gláucio não confirmou a reserva: “Eu ia de TAM no sábado, mas, desde que um amigo, também pastor, morreu num acidente da empresa, eu só voo de Air France, que considerava o melhor avião do mundo”, lembra o missionário. 

Depois de ter ouvido as palavras da amiga, Glaucio confessa que temeu. Ele lembra que só havia estado com a Renata uma vez e que ela não sabia da viagem. “Quando a irmã Jussara me transmitiu a mensagem, fiquei apavorado. Orei a Deus e senti no coração que não devia ir. Ele foi fiel a mim, porque sempre lhe obedeci. O lugar mais seguro do mundo é o centro da vontade de Deus”, complementa o pastor.

 

Fonte: CPAD.

 

Isso nos convida a refletir sobre a questão se ainda acreditamos ou não nos dons do Espírito Santo e no poder da oração, marca distintiva do Movimento Pentecostal. Pastor Gláucio certamente é um Homem de Deus que, não somente prega mas, acredita no que prega, principalmente em se tratando do além do natural.  Amauri Galvão

Voltar

Procurar no site

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons enki22, broo_am, broo_am  © 2009 Amauri Galvão - Todos os direitos reservados.