Quarta-feira 17 Novembro

17-11-2010 11:10

E, falando o rei, disse a Daniel: O teu Deus, a quem tu continuamente serves, ele te livrará (Daniel 6:16).

Fidelidade a Deus e ao rei

No terceiro ano do reinado de Jeoiaquim, rei de Judá, Daniel foi transportado para a Babilônia. Ele era ainda bem jovem, e por toda a vida serviu a vários reis, inclusive a Ciro, o persa. Durante todo esse tempo, ele se distinguiu por sua fidelidade a Deus, e também pela diligência com que cumpria suas tarefas. Por essa razão, Daniel sempre ocupou uma posição de confiança na corte dos reis a quem serviu.

Como Daniel era capaz de unir essas duas características? Será que nunca houve um conflito de interesses? Sem dúvida, houve um momento em que teve de escolher entre ser fiel a Deus ou ser fiel ao rei. Mas para ele a obediência a Deus era primordial, e mesmo se sua própria vida estivesse em risco, Daniel jamais faria concessões. E a firmeza dele em relação a isso conquistava o respeito e a admiração das pessoas.

O exemplo dele encoraja os cristãos de hoje a demonstrar tal consistência e fidelidade na vida cotidiana enquanto servem ao Senhor Jesus Cristo.

Além disso, o testemunho impressionou o rei Dario. O trabalho de Daniel certamente consumia bem mais que oito horas diárias, e observando aquele judeu, Dario chegou a essa conclusão. Ele sabia que podia contar com Daniel, pois este era fiel para com seu Deus e também era fiel para com os que estavam acima e abaixo dele. É uma perfeita ilustração de Colossenses 3:23: “E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens”.

Devocional Boa Semente 2010 

Voltar

Procurar no site

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons enki22, broo_am, broo_am  © 2009 Amauri Galvão - Todos os direitos reservados.