Pastores americanos estimulam fiéis a lutarem contra a obesidade

02-01-2012 00:39

Programações especiais estão invadindo as igrejas para ajudar a comunidade a ter hábitos mais saudáveis

 

O aumento da obesidade nos Estados Unidos está chamando atenção até mesmo de pastores que resolveram usar a fé para ajudarem os membros a lutarem contra o sobrepeso.

O pastor Michael Minor chegou a banir o frango frito do cardápio da cantina de sua igreja no Mississipi e, além disso, ele também tem convocado outras congregações do país para pregarem a favor da saúde dos fiéis.

“Nosso corpo não é nosso, é um presente de Deus e deveríamos fazer um trabalho melhor com ele”, disse.

Outro pastor no Texas fez um desafio de cem dias onde os membros devem lutar com a gordura. Já em um ministério da cidade de Tampa, na Flórida, há aulas de alimentação saudável, exercícios físicos e programas de hortas.

De acordo com o diretor do Escritório de Medicina Preventiva do departamento de saúde do Mississipi, Victor Sutton, essas campanhas de incentivo das igrejas pode ter mais sucesso do que as informações dadas pelos médicos. “Um pastor pode dizer para a comunidade o que fazer como se fosse um fato científico, enquanto um médico pode falar a mesma coisa sem gerar nenhum efeito”.

Para conscientizar os membros, as igrejas estão utilizando boletins informativos com dados médicos para mostrar as necessidades básicas para uma vida saudável. As comunidades que preparam refeições, como a igreja Williams, em Nashville, eliminaram frituras, cortaram o sal e hoje optam por produtos à base de peru em vez de porco.

“Essas mudanças têm grande impacto”, disse a professora de Saúde Pública da Universidade do Tenesse, Elizabeth Williams.

Gospel Prime

Com informações OGlobo

Voltar

Procurar no site

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons enki22, broo_am, broo_am  © 2009 Amauri Galvão - Todos os direitos reservados.