Embrapa abre concurso público com 676 vagas

28-12-2009 09:47

As provas do concurso, organizado pelo Instituto Nacional de Educação CETRO (INEC), estão previstas para 21 de março de 2010 A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) lança edital de concurso público nacional nesta terça feira (22), no Diário Oficial da União (DOU). As vagas contemplam os mais diferentes níveis de escolaridade. São mais de 676 perfis para pesquisadores, analistas e assistentes, que atuarão em todas as regiões do País. As provas do concurso, organizado pelo Instituto Nacional de Educação CETRO (INEC), estão previstas para 21 de março de 2010. O edital está disponível também no endereço do CETRO, na internet, http://www.cetroconcursos.com.br/ 

De acordo com o diretor-presidente da empresa, Pedro Arraes, esse concurso, fruto de negociações com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, via PAC Embrapa, permitirá um acréscimo de 1.211 empregados, dos quais 700 novos pesquisadores, aos quadros da Embrapa. "Isso configura uma das ações mais importantes da empresa para os próximos anos", afirma. 

Arraes diz que esse momento de renovação da instituição define sua atuação futura. "Hoje, um acréscimo de empregados dessa ordem é inédito", situa o diretor-presidente, ao declarar que a Embrapa se prepara para se consolidar na liderança mundial em pesquisa para a agricultura tropical, e continuar contribuindo para que o Brasil se torne, cada vez mais, referência na produção de alimentos, matérias primas e biocombustíveis. 

Abrangência - Os candidatos poderão optar por áreas de atuação bastante diversificadas, como nanotecnologia, saúde animal, gestão de pessoas, comunicação social e orçamento e finanças, entre outras. A taxa de inscrição para Pesquisador A é de R$ 110,00; Pesquisador B e Analista A, R$ 100,00; Analista B, R$ 90,00; Assistente A, R$ 60,00 e Assistentes B e C, R$ 30,00. 

Os salários variam conforme os perfis delineados no edital. Os Pesquisadores A, que precisam ter doutorado, receberão R$ 7.419,96. De acordo com o edital, esse pesquisador poderá, por exemplo, pertencer à Área de Nanotecnologia, Subária de Nanotecnologia de Micro-organismo. 

Já um Pesquisador B, que fará jus a um salário de R$ 6.383,14, precisa ter apenas mestrado. Os candidatos à Analista A ( R$ 6.333,74) devem possuir mestrado. Há percentuais de acréscimos conforme a titularidade. Analistas B (R$ 5.440,07), somente graduação. Um Assistente A (R$ 2.767,94), como o técnico agrícola, deve ter o ensino médio completo; assistentes B, (R$ 1.747,96), como os tratoristas e garçons, ensino fundamental completo, e Assistentes C (1.088,97), como vaqueiro e operário rural, ensino fundamental incompleto. 

Os aprovados serão distribuídos em algumas Unidades Centrais da empresa, situadas em Brasília, bem como em todas as Unidades Descentralizadas, presentes em todas as Regiões do Brasil, inclusive as mais novas, como a de Mato Grosso, voltada para soluções tecnológicas integradas para os sistemas agropecuários sustentáveis; Aquicultura, em Palmas, e o Centro de Estudos Avançados, que em breve funcionará no DF. 

Fonte Bonde  

Voltar

Procurar no site

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons enki22, broo_am, broo_am  © 2009 Amauri Galvão - Todos os direitos reservados.