Censura no comercial da Havaianas

29-09-2009 20:30

primeira vez que vi o comercial da sandália Havaianas, onde uma senhora de cabelos brancos, conversa com a neta, sobre sexo e casamento, pensei: Que absurdo! Apológia discarada ao sexo livre! Não esperei, contudo, que o comercial fosse retirado do ar(o Sarney até hoje tá no congresso!).O comercial, criação da AlmapBBDO, recebeu muitas critícas e também uma abertura de processo junto ao Conar (Conselho que regulamenta a publicidade). A atriz Lúcia Berta, de 84 anos, que interpreta a vovó "moderninha", opinou sobre a censura:"As pessoas estão desatualizadas, sexo está na boca de todo mundo, como bala na boca de criança". É, vovó tem bala, que não é de doce não. É de canhão. Espalhando mortos e feridos. Sexo, é bom e saudável. Porém, de forma irresponsável, é prejuízo. Dos grandes.

Aqui o comercial censurado:
 



Os comentários abaixo, expressam a opinião de alguns telespectadores. Foram retirados do you Tube.

*Tiraram do ar porque o Brasil é um país hipócrita que censura tudo!
PAÍS HIPÓCRITA E CHEIO DE PESSOAS COM MENTES PEQUENAS!( bennyobob)

*A mulheres frutas mostra as frutas niguém fala nada .... A propaganda é otima, coloca a avó na onda dos jovens, que a maioria não pensam em casar e querem fazer sexo .... (henriqueta 124)

*Lamentável...propaganda infeliz !! (jeansioli)

A nova propaganda explicando o "sumiço" da primeira:



Opiniões de telespectadores:


*Quem não gostou do comercial deveria se enclausurar em um convento, ou talvez morar numa montanha bem isolada. É a única forma de fugir de qualquer referência sobre sexo. Mas é melhor o convento porque daí faz o voto de castidade e além de não ouvir nunca mais falar sobre sexo também não precisa fazer.(gdssrs)

*kaskakskask
podia tirar os comerciais de cerva... as novelas...etc ;) (laininha 123)

*..Se você usa o método hipócrita de educação, só tenho a lamentar, talvez sua filhinha ou filhinho seja mais uma mamãe ou papai precoce no Brasil.(fazao)

 

Minha Opinião: Dizer que o comercial não merece censura porque a libertinagem é liberada no Brasil, não justifica. Um erro, não justifica outros. A punição, deve servir de exemplo a quem acha que os valores da sociedade e sobretudo da família, não devem ser respeitados. A mídia, quer queira, quer não, influencia os influenciáveis. Mostrar o errado, como se fosse natural, gera prejuízos, muitas vezes, irreparáveis. Que alegria, saber que temos pessoas dispostas a lutarem por uma mídia de qualidade! A empresa, que fabrica as sandálias, certamente ficou temerosa, sobre as vendas do produto, um boicote público. Queda de vendas. Que o episódio sirva de lição para outras empresas.

Fonte:tudibão
band entreterimento
 
Voltar

Procurar no site

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons enki22, broo_am, broo_am  © 2009 Amauri Galvão - Todos os direitos reservados.